Miragem 

Sonhei que eu e você andávamos pelas ruas
E as pessoas nos observavam, porque cintilávamos vermelho ardente

Andávamos em um caminho cheio de obstáculos
Mas você parecia não se importar
E cada medo meu foi acalmado pelo seu beijo
E a segurança das suas palavras

De repente, te perdia no meio na multidão
E tudo o que eu podia ouvir eram as vozes das pessoas
Mas eu não me importava com os olhares
Elas me perguntavam o que aconteceu
Eu apenas dizia que não sei, que você se foi

Tempos depois, eu te via
Naquele mesmo velho lugar
Você parecia o mesmo, com o seu brilho verde e simples como a natureza
E eu era a mesma, brilhava como o calmo azul do céu

Me aproximei de você
Mas você desapareceu, mais rápido que o vento
Me perguntei se tinha te conhecido ou apenas visto uma miragem
Então peguei as minhas coisas e fui embora

Continuei andando pelas mesmas ruas que um dia andávamos juntos
Apenas eu, com meus sonhos e esperanças que não param de crescer
Sempre via algo que lembrava você, e sorria de gratidão por ter vivido
Com uma leve dor no coração, porque amei
Amei uma perfeita miragem

Anúncios

Comentários

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s