IMG_20150925_061619169_HDR
Da minha janela..

Acordo e sei que o meu dia é uma rotina previsível
Mas antes de me perder nesse pensamento
Antes de me preocupar com qualquer coisa
Abro a janela

Percebo que nenhum nascer do sol é igual
E que cada dia é um encantamento diferente
Esqueço disso, sempre me perco na agitação dos sons
Então deixo o amanhecer tomar a forma do meu dia
Minhas sombras provarem a luz do sol

A Cidade do Sol

“Não se podem contar as luas que brilham em seus telhados, nem os mil sóis esplêndidos que se escondem por trás de seus muros.” – Saib-e-Tabrizi

Esse verso do poeta árabe Saib-e-Tabrizi inspirou o título do livro, que em inglês chama-se A Thousand Splendid Suns. Agora, que li os três livros de Khaled Hosseini, posso dizer que esse é o melhor livro. Ele conta a história de duas mulheres cujas vidas foram entrelaçadas num cenário de guerra e turbulência vivido pelo Afeganistão que se perdurou durante anos e a dominação até hoje presente, do Talibã.

É uma história de amizade, amor, injustiça, sacrifício, sofrimento, mas acima de tudo de esperança e força. É uma ficção, mas você sabe que ela pode ser real e estar acontecendo com alguma mulher nesse mundo. A leitura flui facilmente, te prende e te paralisa por dentro com cada acontecimento.

Altamente recomendo esse livro, é como todos os outros do autor, é um livro para se reler e que ficará guardado na memória para sempre..