A Batalha

Eles estão esperando
Alguns a favor, outros contra mim
Tentei me preparar ao máximo
Mas fiquei enroscada nos limites que defini para mim mesma
E não posso fugir
A batalha terá que acontecer
Pego a minha armadura e vou

No campo de batalha
Sinto a pressão tremer o chão dos meus pés
O barulho e a intimidação me param por um tempo
Mas tenho um coração de fogo
Que pode se apagar, mas eu sempre o reacenderei
Sou transparente e sensível como um cristal
Pesada, mas voo longe como uma bola de canhão
O inimigo conhece as minhas fraquezas, mas não a minha força

Então eu batalho como se não tivesse nada a perder
Batalho por tudo o que sei e conheço
Batalho para salvar a mim mesma
Vivendo o presente e deslumbrando o futuro
Não tenho medo de ter cicatrizes
São os sinais da minha sobrevivência

Cada respiração
Uma segunda chance
Cada golpe dado
Um passo andado
Em cada queda
Uma superação
Cada dia
Uma luta vencida
Sem medo
Porque nascemos para isso

E quando o fim da batalha chegar
Quero poder dizer que nunca deixei de lutar
Com todas as dores e quedas
Nunca deixei de viver
Nunca deixei de acreditar

Comentários

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s