Minha escolha constante

A dúvida é uma onda
Te leva e traz de volta
Carregando os seus sonhos e tudo o que você acredita
Até perder-se dentro de si mesmo

Vivi dias e dias
Meses e meses
Sem confiar plenamente em Ti
Tantos medos e inseguranças
Deixei-me levar
E me encontro no mesmo lugar

E Tu sabes
O quanto eu tentei
O quanto eu chorei
O quanto eu me esforcei
Mas a dúvida sempre aparecia em mim
E aos poucos, era contaminada

Andei na corda bamba
Me agarrando à esperança de ver tudo mudar
O que eu conquistava escorria por entre meus dedos
Como se fosse bom demais para ser verdade
O que eu perdi nunca voltou para mim

O deserto foi a pior parte
Quando os galhos que davam folhas e flores secam
O seu interior clama pela Água Viva que fará tudo renascer
Mas parece existir uma barreira que te impede de chegar ao céu

E agora, mesmo sem saber do futuro
Tudo aparenta ser impossível e incerto
E desistir mostra-se como solução
Vou viver na fé
Essa será a minha escolha constante
Contra todas as probabilidades

Comentários

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s