Música do Mês 2

Antes de tudo, quero desejar a todos vocês um Feliz Ano Novo!!

Sempre gostei de ouvir músicas que falam sobre essa época do ano, que é uma época mais reflexiva do que festiva para mim. Lembrar de tudo o que aconteceu, os erros e os acertos, as alegrias e tristezas, as perdas, as mudanças e tirar uma lição de tudo isso.
Escolhi uma música que tem feito muito sentido na minha vida. Se chama New Year’s Eve do novo cd da cantora Brooke Fraser.

Véspera de Ano Novo

Tem sido um ano alto e eu realmente preciso o silêncio
Tem sido um ano alto e eu realmente preciso o silêncio

É véspera de Ano Novo, querido
E eu realmente gostaria de estar sozinho

Estamos esperando mudança, mas eu não sei se ela está vindo
Estamos esperando mudança, mas eu não sei se ela está vindo
É véspera de Ano Novo, querido
E eu realmente gostaria de estar sozinho

Olhos grandes contra os branco
grandes olhos sob as luzes
E ninguém parece se sentir
Mas eu faço
Nossos rostos para o vento
Meu coração contra a minha pele
Hoje à noite eu vou encontrar algo verdadeiro

Tem sido um ano alto e eu realmente preciso o silêncio
Tem sido um ano alto e eu realmente preciso o silêncio
É véspera de Ano Novo, querido
E eu realmente gostaria de estar sozinho

Olhe agora

Contra as probabilidades
Contra aquilo que é real
Contra as circunstâncias
Olhe para mim agora

Estou na contramão
Duvidando do que eu vejo
Ignorando o que eu sinto
Acreditando no impossível
Esquecendo do óbvio

Só tenho essa oportunidade
E preciso lutar
Contra o vento e a tormenta
Contra o que parece certo
Na corda bamba
Mas acreditando firmemente em tudo o que Você disse
Contra as aparências
Olhe para mim agora

A vida

O que é a vida?
O que é a vida senão momentos
Eternizados na mente e no coração de quem vive
O que é a vida senão saudades
Do que foi, do que era e que não é mais

Você se pergunta como tudo isso aconteceu
Como você chegou até aqui
Porque a vida é cheia de acontecimentos inesperados
A vida nunca é como você planeja
Ela é cheia de mudanças
Algumas lentas, as mais profundas são rápidas e deixam cicatrizes
Que fazem lembrar quem você é

A vida é um milagre e um mistério
O homem chegou à Lua
Mas ainda procura o sentido da vida
E quando acredita ter encontrado a resposta
Ela vem com outras perguntas

A vida traz a morte como a nossa única certeza
É um suspiro
Um pequeno período
Diante da eternidade

A vida vale a pena por si mesma
Cada alegria e cada tristeza
Cada dor e cada esperança
Cada lembrança e cada saudade
Cada amanhecer e cada anoitecer
Cada abraço e cada palavra
Cada sorriso e cada olhar
Cada erro e cada acerto
Cada perda e cada vitória
Está escrito dentro de nós
Fez quem nós somos
É a nossa história
O nosso legado

Música do mês

Essa música é sensacional e fala com você de diversas formas.

Eu Vivi

Espero que quando você der um salto
Você não sinta a queda
Espero que quando a água subir
Você tenha construído um muro

Espero que quando a multidão gritar
Que eles gritem o seu nome
Espero que se todo mundo correr
Você escolha ficar

Espero que você se apaixone
E que doa muito
A única maneira de saber
Você deu tudo o que tinha

E eu espero que você não sofra
Mas aceite a dor
Espero que quando chegar o momento
Você diga

Eu, eu, eu
Eu fiz tudo
Eu, eu, eu
Eu fiz tudo
Eu aproveitei cada segundo que este mundo poderia me dar
Eu vi tantos lugares, as coisas que eu fiz
Sim, com todos os ossos quebrados
Eu juro que vivi

Espero que você passar os seus dias
E todos eles se somam
E quando o sol se pôr
Espero que você levante o seu copo
Oh, oh oh
Eu queria poder testemunhar
Toda a sua alegria
E toda a sua dor
Mas até que o meu momento chegue
Eu vou dizer

Eu, eu, eu
Eu fiz tudo
Eu, eu, eu
Eu fiz tudo
Eu aproveitei cada segundo que este mundo poderia me dar
Eu vi tantos lugares, as coisas que eu fiz
Sim, com todos os ossos quebrados
Eu juro que vivi

Preconceito

Se você olhar com o seu coração
Verá que somos iguais
Feitos de ossos, carne, pele
e com uma alma que carrega os nossos sentimentos

Todo o resto é enfeite
Superficial e passageiro
A cor da pele não altera o nosso caráter
Ou afeta a nossa essência

Nosso tempo é apenas um respiro
Um dia voltaremos ao pó de onde viemos
Podemos fazer que a nossa passagem por aqui seja memorável
Ou podemos nos ater a diferenças de cor ou gosto
Que nunca fará diferença em nossas vidas

Precisamos uns dos outros
O preconceito não vale a pena
E se não vale a pena, é desnecessário mantê-lo
Dentro de nós