De repente

A alegria tornou-se tristeza
A festa tornou-se luto
O riso tornou-se pranto
O possível tornou-se impossível
Os sonhos e planos se tornaram pó
E foram esquecidos

Não entendo
Como isso aconteceu
O motivo de tudo
Simplesmente me encaixei às circunstâncias
Tudo o que eu sei é que foi de repente
Quase como num piscar de olhos
Não podemos prever ou controlar
É de repente

Anúncios

Falsidade

Se você não gosta de mim
Apenas me ignore
Mas me respeite
Sou igual à você
Feita de ossos, carne e água

Tenho defeitos
Não grite sobre eles
Isso não te ajudará

Se quiser falar mal de mim
Fale para mim
Não espalhe palavras inúteis
Que voltam como um bumerangue

Não gaste sua voz
Não gostarei a minha
Falar mal dos outros é da nossa natureza
Por isso eu procuro evitar
Só temos uma vida
E quero vive-la

Música do Mês

A música que tem me marcado meus momentos ultimamente se chama Slipping Away do Switchfoot. Já postei algumas músicas deles por aqui, eles são definitivamente a minha banda favorita porque cantam a minha vida de uma maneira impressionante. Espero que gostem.

Indo Embora

Lembra de nós voltando para casa às quatro da manhã
Antes do nascer do sol
Quando o leste era um fogo de ouro
Apenas esperando o resto do céu se apaixonar

Nossa esperança é só uma metáfora de algo melhor
Para todos os nossos sonhos hoje à noite
E o medo é apenas uma sombra das coisas que mais importam
E eu temo que eu estou perdendo a esperança nesta noite

Oh, parece que eu estou sonhando
Oh, olhando para o teto
Oh, é quatro da manhã
Eu não consigo dormir e isso parece um aviso

Oh, você acreditaria em mim
Oh, se eu pudesse apenas dizer como eu estou me sentindo
Oh, as palavras que eu queria dizer
Eu as sinto indo embora

Lembra daquele garoto com o lábio trêmulo
Cujo coração estava em sua manga como um kit de primeiros socorros
Onde está você agora?
Onde está você agora?

Lembra daquele garoto, não sabia quando desistir
Eu ainda perco o fôlego quando eu penso sobre isso
Oh, onde você foi?
Oh, onde você foi?

Oh, parece que eu estou sonhando
Oh, olhando para o teto
Oh, é quatro da manhã
Eu não consigo dormir e isso parece um aviso

Oh, você acreditaria em mim
Oh, se eu pudesse apenas dizer como eu estou me sentindo
Oh, as palavras que eu queria dizer
Eu as sinto indo embora

Eu sei que isto não é o que você queria
Palavras do passado no presente estão nos assombrando agora
E de novo, de novo, de novo, de novo
(Eu sinto que estou indo embora)
Meu batimento cardíaco pode te dizer que é urgente
Eu tento gritar mas as palavras não saem
(Embora)

Oh, parece que eu estou sonhando
Oh, olhando para o teto
Oh, é quatro da manhã
Eu não consigo dormir e isso parece um aviso

Oh, você acreditaria em mim
Oh, se eu pudesse apenas dizer como eu estou me sentindo
Oh, as palavras que eu queria dizer
Eu as sinto indo embora

Eu sinto indo embora

Em mim

Fecho os meus olhos
Tento entender
Me organizar por dentro
Para me sentir viva mais uma vez

A confusão que se instalou dentro de mim
Vai passar
Eu tento, mas não consigo
Encaixar todas as peças
Cicatrizar as feridas

Não consigo falar
Tudo o que eu sei
Tudo o que eu conheço
Tudo o que eu preciso
Parece estar perto e distante
Como um enigma a ser decifrado

Preciso Te encontrar
Não sei se estou certa
Se estou sabendo agir
Esse caminho é árduo
E estou tropeçando em mim mesma

Minha mente está cheia
Mas meu silêncio permanece
Não consigo ver nada de útil nesse lugar
O problema sou eu?
Ou não existe nenhum problema?

Deus, eu só preciso me entender
Para Te entender
Te ver
Claramente
Como um espelho
Refletindo em mim