Desafio 100 temas: Bifurcação na estrada

Quando fiz esse poema, pensei nas decisões que temos que tomar todos os dias, todos os minutos. Quando o despertador toca e estamos com sono, sem vontade de levantar, sabemos que precisamos levantar e levantamos da cama, por exemplo. Nossa vida é decidida pelas nossas escolhas e sempre temos dois caminhos a escolher: o fácil e o difícil, o da preguiça ou o da disposição, etc. Não é sobre seguir os nossos sentimentos, mas sobre seguir o que é certo e o que acreditamos, mesmo que seja difícil e doloroso. Não importa se falharmos, o que importa é o resultado final.

Bifurcação na estrada

Ali estava o viajante
Com o seu carro sport
Amedrontado e nervoso
Ele estava perdido
Em uma estrada que parecia nunca ter fim
Ele não esperava por isso
Estava sossegado
Dirigindo o seu carro
Quando se deparou com uma bifurcação na estrada

Ele viu a sua perdição
Pensamentos assustadores quase o fizeram ficar maluco
Mas refletindo bem, pensou:

Uma estrada
Dois caminhos
Dois destinos
Totalmente diferentes
Que irão a minha vida para sempre
A escolha está diante de mim
Não posso culpar ninguém
Nem ao menos reclamar
Não tenho nada a perder
Se eu falhar ou não
Saberei que escolhi aquilo que acredito

Então ele escolheu
Não direi se foi o caminho certo ou não
Mas pela fé dele era
E se não fosse, ele encontraria o caminho para casa
Porque ele era persistente o suficiente para isso

Comentários

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s